Use o efeito bokeh nas suas fotografias e inove nos resultados

Efeito Bokeh

Para quem não sabe, o efeito bokeh é um dos principais usados no mundo da fotografia e é admirado pelos traços que agrega às fotos. Assim, descubra o que é esta técnica e como os iniciantes podem aplicá-la em seus trabalhos.

O que é efeito bokeh?

Fotos com pontos de luz desfocados são exemplos famosos deste método. Por isso, este traço é o tema central em seus resultados.

Afinal, o bokeh é um termo japonês que dá para traduzir como desfoque, névoa ou borrão.

Devido a essas razões, esse efeito cria um dispersar do fundo para o objeto principal. Dessa forma, isso ocorre por meio de um desfocar delicado da parte periférica. Então, o trabalho final fica bonito e agradável.

Para quê serve o efeito bokeh e em quais fotografias utilizá-lo?

A técnica traz suavidade para as fotos e as deixa com um visual melhor. Além disso, ela possui outras funções úteis que trazem aos trabalhos feitos uma qualidade maior, por exemplo:

  • Pode resolver um problema de iluminação exagerada;
  • Gera maior foco à parte que optar pôr em destaque na fotografia;
  • Pode esconder um fundo indesejado.

O uso do efeito bokeh pode variar de acordo com a visão e propósito do fotógrafo. Assim, há algumas questões que podem gerar diferenças no produto final.

Então, uma foto com desfoque mais artificial ou suave depende dos materiais e jeitos de tirar a foto.

Como fazer efeito bokeh?

Há alguns pontos essenciais ao falar de formas para obter essa técnica como:

Estas são questões chaves para criar este efeito e também, ajustar os seus níveis de expressão. Dessa maneira, use aberturas grandes do tipo a f/2, f/1.8, f/1.4 ou f/1.2.

Quanto maior a fissura, maior a entrada de luz que é vital para o bokeh. Além disso, ter lentes fixas e iluminação lateral, no fundo, ou superior, deixa a técnica mais visível.

Outro ponto essencial é a distância entre o objeto principal e o fundo. Assim, quanto mais distante o cenário estiver, maior a intensidade do efeito.

Por fim, um disparador rápido pode ajudar no processo, mas, a ausência dele não irá impedi-lo.

Modelo dos focos de luz

Foto: O efeito bokeh suaviza a foto e traz destaque ao objeto principal.

A abertura das lentes, sua qualidade e tipo também vão determinar o formato dos círculos característicos do efeito bokeh.

Portanto, elas podem revelar formas mais redondas e certas ou poligonais. Por fim, o tamanho destas também podem mudar.

Dá para fazer o efeito bokeh na pós-produção?

Ter um desfoque suave na edição é possível e pode trazer resultados muito bonitos. Entretanto, os fotógrafos profissionais geralmente escolhem usar a câmera para ter uma execução mais perfeita e definida do borrão.

O Photoshop oferece recursos para isso e estes podem ser feitos por meio de pincéis ou da seção desfoque de campo na área dos filtros. Depois, basta configurar para criar um efeito bokeh de acordo com o ideal criativo do projeto.

Já o Lightroom não possui uma opção própria para o caso. No entanto, é possível obter a característica ao ajustar o pincel e aplicar círculos difusos onde desejar na foto. Além disso, dá para alterar a cor e expressão.

A melhor escolha

Esses dois programas são úteis para o processo. Mas, o Photoshop tem mais opções para trabalhar com esse intuito. Por fim, é possível também usar uma fotografia que já possua o efeito e deixá-lo ainda mais intenso na edição.

Qual é o melhor efeito bokeh?

Melhor efeito bokeh

Dúvidas podem surgir sobre qual o melhor tipo de técnica, uma criada de forma natural ou no processo de edição.

Ou então, uma com expressão mais intensa ou não. Entretanto, isso depende do objetivo criativo e da visão do fotógrafo para o trabalho em questão.

Padrões de qualidade dos materiais utilizados e as dicas citadas acima, com certeza, são essenciais para um resultado mais profissional. No entanto, as formas de aplicar a técnica podem variar.

Tirar fotos mais distantes trará um efeito mais visível e borrões suaves com ótimas formas redondas. Mas, quanto mais perto as luzes e objetos recebem, maior o contorno. Assim, tudo varia de acordo com a proposta criativa.

É possível produzir a técnica com o celular?

Com os avanços da área nos últimos anos, hoje, é mais comum encontrar câmeras de melhor qualidade em celulares de nível intermediário. Bem como, a opção de registrar as imagens em modo retrato.

Essa função facilita muito a aplicação do efeito bokeh mesmo para quem sabe pouco sobre a área. Assim, basta optar por esse modo na câmera do celular e ajustar o foco até obter o visual desejado.

Contudo essas câmeras não alcançam a mesma eficácia dos aparelhos profissionais. Mesmo assim, dá para aplicar a técnica tanto na hora de tirar as fotos, como na edição.

Então, veja alguns apps que podem ajudar:

  • Google Photos tem função própria para criar desfoque;
  • PicsArt tem vários recursos para edição;
  • Snapseed é um aplicativo completo e permite criar o efeito em qualquer tipo de foto;
  • O Desfoque Automático de Fundo tem uma produção muito fácil e eficiente.

Enquanto alguns apps trazem funções próprias e mais intuitivas, outros exigem mais atenção e prática. Assim, é preciso usar pincéis de desfoque em forma de círculo e aplicar na foto de um jeito manual. Mas, no geral, há várias opções para criar com o celular.

Dicas para aplicar o efeito bokeh

Há alguns passos essenciais para facilitar o processo para quem está começando. Então, amadores podem atingir resultados profissionais ao seguir estas simples e práticas sugestões:

Entenda o efeito bokeh
  • Opte por cenários abertos e amplos;
  • Mais iluminação expressa o efeito de forma mais intensa;
  • Tirar fotos a noite vai dar maior foco aos pontos de luz;

Essas indicações valem para câmeras e celulares. Assim, mesmo quem não possui um material profissional, pode usá-las para criar fotos bonitas e interessantes. Por fim, a prática também é essencial para obter resultados melhores no futuro.

Amadores e profissionais podem suavizar fotos com a técnica

O efeito bokeh gera leveza e um visual agradável. Esse é também um caminho acessível para fotógrafos de todos os níveis. Dessa forma, as dicas acima revelam como é prático adicionar este toque suave às suas fotografias.

E ai, gostou do nosso conteúdo? Conte-nos aqui abaixo no campo de comentários.

Volte sempre que precisar! Obrigada!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.