Conheça a astrofotografia e comece a faturar

A astrofotografia

O campo da astrofotografia é responsável por fotos do universo, como o céu, estrelas e galáxias. Inegavelmente, são imagens sensacionais e que precisam de técnica para serem feitas. Portanto, descubra esse processo a seguir.

A astrofotografia: o que é?

Com certeza você já deve ter visto aquelas fotos incríveis do espaço. Aliás, é comum encontrar diversos dispositivos como notebooks, tablets e celulares que as possuem em seu fundo de tela. Esse conteúdo é a astrofotografia.

Em definição técnica, é um tipo de fotografia que registra imagens de corpos celestes. Então, são obtidas imagens de grandes áreas do céu noturno. Como resultado, é possível alcançar objetos que os olhos humanos não conseguem ver, como as nebulosas.

Com tamanha definição e qualidade, você deve imaginar que só profissionais conseguem trabalhar nesta área. Porém, com um equipamento adequado e muito conhecimento, qualquer pessoa é capaz de conseguir.

É no amadorismo que se inicia. Em seguida, com dedicação e persistência se tornam peritos. Para que isso aconteça contigo, deve entender mais sobre as técnicas. Além disso, saber configurar o obturador da sua câmera fotográfica também é importante

Primeiro modelo da astrofotografia

A lua terrestre foi a primeira modelo celestial que se tem registro. Porém, essa foto foi tirada em 1840, apenas um ano após inventada a máquina fotográfica. Ou seja, o resultado foi uma imagem praticamente de um círculo feita por um daguerreótipo.

Passaram-se os anos, e com eles novas tecnologias surgiram, que inclusive evoluíram a astrofotografia. Dessa forma, em meados do século XX, foi possível fotografar o satélite com mais nitidez.

De lá pra cá, diversos avanços proporcionaram a documentação de imagens cada vez melhores. Aliás, a possibilidade de obter fotos noturnas, que são invisíveis a olho nu, como as galáxias, se tornaram realidade.

A Via Láctea é uma das mais encontradas em acervos, com fotos do mundo todo. Para que conseguissem tais retratos, profissionais se submetem a acampar em locais difíceis, como o deserto. Além disso, muita dedicação e estudo são essenciais para obter as imagens.

Variações da astrofotografia

No campo da astrofotografia existem algumas variações, de modo a categorizar as imagens. Dessa forma, o fotógrafo poderá se especializar na área que mais lhe agradar. Ssão elas:

  • Campo amplo;
  • Time-lapse;
  • Sistema Solar;
  • Deep Space.

Campo amplo

Para quem está começando, esse pode ser o tipo ideal. Afinal, consiste apenas em tirar fotos do céu estrelado ou de uma paisagem. Bem como, exige pouca tecnologia, basta uma lente angular grande para poder captar maiores espaços.

Time-lapse

A modalidade de time-lapse é bem parecida com a de campo amplo. Mas, com a diferença de que são obtidas várias imagens para depois criar um vídeo. Dessa forma, é possível observar o movimento das estrelas e as mudanças na atmosfera.

Sistema solar

Essa categoria já é um pouco mais profissional, porque necessita de um telescópio. Isto é, somente com esse equipamento alcançará astros como Saturno, Júpiter ou mesmo o Sol. Entretanto, lentes super teleobjetivas alcançam Marte ou Vênus.

Deep space

A astrofotografia do tipo deep space visa ir muito além da Via Láctea. Dessa forma, será necessário um equipamento mais robusto, capaz de atingir galáxias mais distantes. Inclusive, com os aparelhos compatíveis, chega nos locais mais profundos do espaço.

Equipamentos indispensáveis para a astrofotografia

como praticar a astrofotografia

Existem equipamentos ideais, capazes de alcançar a infinidade do cosmo. Eles são produtos de alta tecnologia e necessitam de um bom investimento. Porém, é possível gastar pouco em ótimos instrumentos, e ainda assim conseguir boas imagens.

Portanto, é indispensável que tenha:

  • Câmera DSLR;
  • Lentes especiais;
  • Tripé;
  • Lâmpada de cabeça.

Câmera DSLR

Começando pelo item de maior investimento da lista, mas também é o mais importante. Sendo assim, indica-se uma câmera fotográfica que possua sensor full frame. Aliás,esses modelos são profissionais e aptos a captar áreas maiores.

Lentes

Quanto maior a lente, melhor será sua foto, e também mais cara. Entretanto, com sua máquina receberá uma que geralmente possui 18-55mm, e já serve para começar. É essencial que ela tenha ajuste de foco manual.

Tripé

A maioria das suas imagens a serem obtidas serão de longa exposição. Desse modo, é necessário que a câmera fique o mais estável possível. Bem como, procure comprar um tripé que disponha de ballhead, para não limitar seus movimentos.

Lâmpada de cabeça

Mesmo que a escuridão seja fator vital para suas fotografias você precisa enxergar. Ou seja, a lâmpada de cabeça irá servir apenas para manusear seus equipamentos.

Assim como, evitar que tropece neles ou em qualquer outro objeto do local.

É possível fazer astrofotografia com o celular?

Caso queira começar e não tenha os equipamentos citados há outra alternativa. Então, os celulares podem ser usados na astrofotografia. Aliás, existem alguns desenvolvidos com esta finalidade.

É provável que esteja pensando que são smartphones muito caros e de marcas como a Apple. Mas, a linha Pixel da Google, é uma opção específica para o segmento.

Com isso, a Alphabet inovou no setor ao tornar essa modalidade acessível ao público entusiasta.

Porém, se pretende se especializar nesse ramo, as imagens são bem inferiores do que as feitas com câmeras. Portanto, devem ser usadas apenas no começo.

Também existem alguns aplicativos que podem auxiliar na hora de precisar localizar boas regiões.

Por exemplo, o Stellarium, o mais famoso da categoria, que mapeia o céu. Desse modo, fica mais fácil encontrar as estrelas e planetas que preferir.

Astrofotografia: hobby ou profissão?

A astrofotografia hobdy ou profissão

Todo bom hobby pode vir a se tornar um excelente trabalho. Isto é, quem nunca sonhou em se profissionalizar em algo que realmente gosta de fazer.

Por exemplo, o menino que ama futebol, pode virar jogador, técnico, comentarista, ou qualquer outra carreira do meio.

No caso da astrofotografia é um pouco mais complicado. Afinal, se você tem apreço pelo espaço, trabalhar na NASA vai muito além. Entretanto, é possível sim você ganhar dinheiro com suas fotografias.

Existem concursos de fotos da categoria que podem dar algum retorno. Mas, essas competições são mais escassas e dão pouco prestígio. Sendo assim, uma opção bem rentável é vender suas imagens.

Atualmente é possível publicar suas capturas em diversos bancos de imagens como o Shutterstock.

Desse modo, é possível divulgar seu trabalho, e caso alguém se interesse, deverá pagar para poder fazer o download.

Então é isso, finalizamos por aqui. Esperamos que você tenha gostado.

Participe abaixo nos comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *