Chroma Key: você sabe como funciona essa técnica?

 Chroma Key: você sabe como funciona essa técnica?

Dentre todas as técnicas de edição de imagens, o Chroma Key é a mais universal e viável. Com investimento baixíssimo, seu limite é o horizonte.

Hoje, conversaremos a respeito da natureza desta prática e seus usos. Ainda, ensinaremos como produzir, gastando quase nada, seu próprio fundo removível.

E então? Vai ficar fora dessa? De jeito nenhum, não é mesmo? Assim, siga-nos. Um novo mundo te espera!

Em que consiste o Chroma Key

Como é feito o Chroma Key

Chroma Key diz respeito à técnica de remoção simples e rápida de elementos de uma cena. Pode ser utilizado tanto em fotografias quanto em filmagens.

Nele, uma cor sólida é destinada à substituição. Com isso, toda sorte de montagens pode ser feita sem grandes trabalhos de recorte.

No caso da fotografia, o Chroma Key permite e facilita a substituição de um plano de fundo ou elemento cenográfico. Assim, no editor de fotos, a substituição ocorre por máscaras.

Dedica-se, assim, pouquíssimo tempo à tarefa. Não há a necessidade de recortar cada contorno nem suavizar uma seleção.

O resultado final, além de rápido, é muito superior em naturalidade e realidade.

Usos comuns do Chroma Key

Provavelmente, você já assistiu aos seriados Chaves e Chapolin. Estranho seria encontrar alguém que respondesse não, verdade?

Consegue se recordar de episódios nos quais eventos mirabolantes exigiam montagem? Houve o bebê de Júpiter, os asteroides… Isso sem falar das pílulas de nanicolina.

É claro que, assistindo-os hoje, tudo parece meio “tosco”. Mas sejamos justos: falamos de um programa de baixo orçamento rodado há décadas.

Ali, o Chroma Key era a solução ideal para que nos divertíssemos. Porém o efeito não acabou por lá.

Falando da aplicação atual do Chroma Key nas telonas, Vingadores não pode ficar de fora. Já nos primeiros títulos da franquia, lutas apocalípticas nos foram apresentadas.

Agora, como gravar uma destruição absurda nas ruas de Nova Iorque? Derrubando prédios? Ora, óbvio que não. E então?

Bom, basta assistir a algum vídeo de bastidores para entender melhor. Repare neste, que apresentamos abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=JOAM7sQ4ubo

Reparou como, por volta de um minuto e meio, o Doutor Estranho “voa” num cenário verde limão? E aí está o segredo: Chroma Key.

Como funciona a substituição de cenário

A pequena exposição de bastidores, mostrada no vídeo, entrega como o Chroma Key funciona: uma cor sólida e ausente nas roupas e acessórios é inserida forçosamente, na gravação.

Mais tarde, durante a pós-produção, esta cor é removida, servindo de máscara. Sobre ela, aplica-se o fundo desejado, estático ou em movimento.

E o Chroma Key não é exclusividade da montagem de vídeos. Fotografias podem e devem se beneficiar dele.

Basta garantir que a cor escolhida para o Chroma não exista em nenhum elemento importante capturado. Justamente por isso o verde, em tons incomuns, funciona perfeitamente bem.

Mais tarde, no Photoshop ou editor de sua escolha, basta fazer a alteração.

Stúdio Chroma Key

Montando um fundo em Chroma Key para suas fotos

De fato, os cenários em Chroma Key de Vingadores não são para qualquer um. Mas, sim, qualquer pessoa pode beneficiar-se da artimanha sem gastar muito. E há opções sem fim.

Para um estúdio fotográfico, o Chroma pode ser montado com um tecido uniformemente posicionado ao fundo. Um investimento muito baixo, que não exige mudanças estruturais.

Porém, quem possui meios, pode, inclusive, pintar as paredes e pisos com a cor. É suficiente que estejam uniformes, na tonalidade. E, claro: não havendo quinas aparentes, melhor ainda!

E há, ainda, a possibilidade de improvisar: papéis cartão, seda e mesmo o crepom podem fazer maravilhas. Com iluminação planejada e boa escolha no tom do Chroma, milagres acontecem.

Agora, chegou sua vez de experimentar esta técnicas divisora de águas. Tenho certeza que seus ensaios ganharão muitíssimo com essa nova habilidade.

Fique por dentro das novidades de nosso site e, havendo dúvidas, basta falar conosco.

Foi um prazer imenso, colega da fotografia. Nos vemos em breve! Até mais!